UNIDADES FUNCIONAIS DE UM COMPUTADOR

(v1.2 - 11-04-2002)




O QUE É UM COMPUTADOR ?



            Um computador é uma "MÁQUINA" que processa informações (dados numéricos, texto, som e imagens ) e que pode ser programada para dar solução a diversas tarefas. O computador é uma máquina como outra qualquer (carro, tractor...) cuja função é a de processar informações, sejam elas informações numéricas, não numéricas, como letras e símbolos, sons e imagens (sejam elas estáticas ou em movimento). Mas diferente de qualquer outra máquina o computador pode ser "programado", isto é, preparado para realizar diferentes tarefas em função do programa que foi preparado para ele, o que torna o computador uma máquina de propósito geral.

COMO O COMPUTADOR PROCESSA AS INFORMAÇÕES !



            Os computadores processam informações obedecendo ao que se chama de um "ciclo de processamento de informações". Através de informações de entrada, fornecidas via teclado ou mesmo lidas a partir de discos, é efectuado um processamento dessas informações produzindo informação de saída. Esse ciclo ENTRADA, PROCESSAMENTO e SAÍDA de informação, é chamado de ciclo de processamento de informação. Toda a supervisão do ciclo de processamento de informação é controlado pelo programa que está a ser utilizado. Esse programa deve ser colocado em execução no computador antes dos dados de entrada serem fornecidos.


COMO ESTÁ ORGANIZADA A INFORMAÇÃO


            Existem diferentes formas de organizar as diversas informações utilizadas no nosso Mundo real. Por exemplo, as informações num ficheiro de papel podem estar organizadas por ordem alfabética, ou ordenadas por data de nascimento ou se na forma de livro podem ficar organizadas através de páginas numeradas sequencialmente, separadas por assuntos contendo um índice para permitir a identificação do local onde se encontram determinados assuntos. A organização é sem dúvida a melhor forma que temos para identificar, encontrar e achar informações que necessitamos.

            Num computador estas informações são armazenadas sob a forma de ficheiros. A unidade básica de armazenamento de informações num disco é chamado de FICHEIRO. Os ficheiros contém informações na forma digital, que em regra são armazenados em suportes magnéticos ou ópticos.

UNIDADES FUNCIONAIS DE UM COMPUTADOR

 

Um sistema informático é composto por HARDWARE e SOFTWARE

 

HARDWARE

O hardware corresponde à parte física do computador. Limita-se a um conjunto de componentes electrónicos que precisa de ordens. A máquina tem todo o equipamento que processa informações segundo ordens do SOFTWARE. Por exemplo, o hardware básico de um computador pessoal é constituído pelo menos por:

3

 
1. Teclado

2. Monitor

3. Unidade de Sistema

 

e hoje em dia é indispensável o rato.

SOFTWARE

Ao conjunto de programas que um computador usa é denominado de SOFTWARE. Um programa corresponde a um conjunto de instruções que permite ao computador executar determinada tarefa. É a parte não física do sistema de computação, isto é, a parte lógica do sistema.

 

CONSTITUIÇÃO DE UM COMPUTADOR

 

(identificação dos blocos que constituem a máquina computador)

            Na constituição do computador fazem parte um conjunto de componentes básicos:

1. Unidade Central de Processamento (CPU) ou Processador

2. Memória principal ou central

3. Unidades Periféricas ou periféricos de Entrada (ex.: teclado, rato)

4. Unidades Periféricas ou periféricos de Saída (ex.: impressora, monitor)

 

Figura 1 – Blocos integrantes de um computador pessoal

 


UNIDADE CENTRAL DE PROCESSAMENTO (CPU)


            O CPU (ou processador) é responsável pela execução das instruções e pelo controlo do sistema. Os principais elementos que o constituem são:


Figura 2 - CPU

 


1. UNIDADE ARITMÉTICA e LÓGICA (ALU)

            É responsável pelas operações aritméticas e lógicas. Temos como exemplo as operações da adição, subtracção, comparação, multiplicação, divisão,.....

 


2. UNIDADE de CONTROLO (UC)

· Efectua o controlo das transferências de dados das Unidades Periféricas para a memória principal e vice-versa.

· Faz o controlo da sequência de execução das instruções do programa.

 


MEMÓRIA PRIMÁRIA e SECUNDÁRIA


1- MEMÓRIA PRIMÁRIA

A memória primária (ou principal) pode-se classificar em dois tipos: memórias RAM e ROM.

MEMÓRIA RAM (RANDOM ACCESS MEMORY )

o        Permite leitura e escrita

o        Memória de acesso aleatório

o        É volátil e programável

o        O conteúdo desaparece com a falta de energia.

o        Nesta memória encontram-se dados armazenados que estão “neste momento” a ser processados.


MEMÓRIA ROM (READ ONLY MEMORY )

o        Memória só de leitura

o        Não volátil

o        Destina-se a armazenar uma parte do programa responsável pela gestão do sistema, que permite iniciar o computador, bem como o reconhecimento de determinados dispositivos que fazem parte do mesmo.

o        O conteúdo não desaparece com a falta de energia

·         O parâmetros mais usual para classificar as memórias é o tamanho da mesma em bytes, ou múltiplos dessa unidade (normalmente megabytes para as memórias RAM e kilobytes para as memórias ROM).

 

2- MEMÓRIA SECUNDÁRIA

·         Destina-se a armazenar de uma forma permanente a informação que não está a ser de imediato utilizada.

·         Grande capacidade de armazenamento da informação

·         Tempo de acesso bastante superior ao das memórias do tipo primário, o acesso é do tipo sequencial

·         Alguns dos tipos de memória secundária:

-         Discos Rígidos, Disquetes, CD-ROM, Fitas Magnéticas

 

SISTEMAS PERIFÉRICOS


Num computador temos três tipos de periféricos


PERIFÉRICOS de ENTRADA, de SAÍDA e de ENTRADA e SAÍDA

o        PERIFÉRICOS de ENTRADA: São dispositivos responsáveis pela entrada de informações. Os dispositivos responsáveis por captar esta informação designam-se também de Unidades de Entrada, exemplo: rato, teclado.

o        PERIFÉRICOS de SAÍDA: Estes dispositivos são responsáveis por disponibilizar a informação após o seu processamento, designam-se também de Unidades de Saída. Exemplo: monitores, impressoras.

o        PERIFÉRICOS de ENTRADA e SAÍDA: São designados periféricos mistos ou Unidades Mistas. Exemplo: modem/fax, placa de som.